Domingo
22 de Setembro de 2019 - 

Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,17 4,17
EURO 4,59 4,59

Oficina de Parentalidade ajuda pais que se separaram

A separação de um casal é algo, geralmente, traumático e o procedimento de pórcio muitas vezes não é consensual. Os filhos sofrem e, sem culpa, podem se tornar motivos de mais brigas entre os pais. Uma saída para diminuir os danos para os filhos e, também para o casal, são as Oficinas de Parentalidade. O Tribunal de Justiça realiza estas oficinas por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec). Os encontros são voltados para casos de família que já estão judicializados ou antes disto – os atendimentos pré-processuais. As oficinas são gratuitas para os participantes. Até o final deste ano, estão previstas cinco oficinas, que serão realizadas na sede do Nupemec, localizado em Campo Grande, na Rua das Garças, 1140. A próxima Oficina de Parentalidade será nos dias 27 e 28 de agosto, sendo ministrada por servidores e auxiliares da justiça do Poder Judiciário de MS, capacitados pelo Conselho Nacional de Justiça como facilitadores das oficinas. As capacitações dos facilitadores e as oficinas de Parentalidade, em Mato Grosso do Sul, foram uma iniciativa dos desembargadores Ruy Celso Barbosa Florence (Coordenador da Mediação) e Vladimir Abreu da Silva (Coordenador da Conciliação). Nas oficinas de Parentalidade são abordados aspectos jurídicos e sociais do poder familiar. Os pais participam de palestras nas quais são abordados os temas: rompimento da relação conjugal, como evitar que o conflito se torne algo permanente entre os pais, alienação parental, direito de guarda, regulamentação de visitas, prestação de alimentos e partilha de bens. A Alienação Parental, que consiste na manipulação dos filhos por parte de um dos responsáveis visando degradar, afastar ou afetar o outro genitor, constitui uma situação delicada, grave e bastante complexa que provoca danos às vezes irreparáveis na vida dos filhos vítimas dessa prática. Os casos designados para as Oficinas de Parentalidade podem acontecer quando há um processo em andamento nas ações de família, a pedido do magistrado ou das partes, ou antes do ajuizamento da ação, por meio do atendimento pré-processual. Para mais informações, entre em contato pelos telefones 3317-3991 ou 3317-3972.
21/08/2019 (00:00)

Contate-nos

Diego Brito Advocacia & Consultoria

Rua Esso  334
-  Jardim América
 -  Campo Grande / MS
-  CEP: 79080-070
+55 (67) 3201-9742
Visitas no site:  224959
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.