Quarta-feira
19 de Junho de 2019 - 

Jurado passa mal e júri de PRF é reagendado para maio

O julgamento do policial rodoviário federal R.H.S.M., acusado de matar A.C.N. e de tentar matar as vítimas V.C.O.S. e A.E. da S., em uma briga de trânsito na Av. Ernesto Geisel, em Campo Grande   precisou ser cancelado e novo julgamento ocorrerá no dia 30 de maio. O júri transcorria normalmente até o final da manhã, quando foi feito um intervalo após o interrogatório do réu. Neste momento, um dos jurados afirmou que estava passando mal e foi levado ao gabinete médico do Fórum, onde foi medicado pois sua pressão havia subido. Como não houve melhora, ele precisou ser atendido novamente e o júri foi suspenso para almoço, com previsão de retorno às 12h30. Com o atestado médico indicando que o jurado estava em crise de hipertensão e ansiedade, e que não tinha condições de seguir os trabalhos, não restou outra opção ao juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida, da 1ª Vara do Tribunal do Júri, senão dissolver o Conselho de Sentença e remarcar o julgamento.
11/04/2019 (00:00)

Contate-nos

Diego Brito Advocacia & Consultoria

Rua Esso  334
-  Jardim América
 -  Campo Grande / MS
-  CEP: 79080-070
+55 (67) 3201-9742
Visitas no site:  140849
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.