Quarta-feira
22 de Maio de 2019 - 

Notícias

Newsletter

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . . . . .
Dow Jone ... % . . . . . . .

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,08 4,08
EURO 4,55 4,55

Comarca de Coxim institui o Programa Família Acolhedora

A comarca de Coxim extinguiu a Casa de Abrigo, como era chamada a instituição de acolhimento do município, para instituir o programa Família Acolhedora. De acordo com a juíza Tatiana Dias de Oliveira Said, oito famílias já estão cadastradas e aptas para receber crianças ou adolescentes que estejam afastados da convivência com pais ou responsáveis. “Quando se tem uma decisão que suspende o poder familiar de alguma criança, que teve seus direitos violados por algum motivo, rapidamente entramos em contato com as famílias acolhedoras cadastradas para que a criança fique com essa família até que sua situação seja resolvida”, explicou. Além do município de Coxim, a comarca também atende Alcinópolis, que desde 2017 tem o programa implantado e já colheu resultados positivos ao atender crianças afastadas da família natural, em virtude da violação de direitos. De acordo com a magistrada, até o momento, as famílias de Alcinópolis já acolheram nove crianças em situação de abandono, negligência, violência, entre outros motivos, inclusive um grupo de três irmãos estão atualmente sob a guarda de uma família acolhedora. No entender de Tatiana Said, a implantação do programa Família Acolhedora em Coxim é bastante positiva, pois visa a não institucionalização do convívio familiar das crianças e adolescentes. “O principal benefício para as crianças é o convívio familiar e os cuidados inpidualizados. Devemos promover essa não institucionalização para garantir o Direito à Convivência Familiar que está assegurado na Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É mais benéfico uma criança ir para uma família acolhedora do que ficar em um abrigo, pois lá ela convive com a família, ganha atenção e carinho”, ressaltou a juíza. Conheça – O Programa da Família Acolhedora prevê que uma família acolha a criança ou o adolescente afastado da convivência com seus pais ou responsáveis, em sua residência, mediante o recebimento de uma ajuda de custo até que esta criança ou adolescente seja reinserida em sua família ou adotada. O Programa de Acolhimento Familiar tem alcançado expressivo resultado em benefício da criança e do adolescente, pois evita que sejam encaminhados para instituições de acolhimento ou entidade similares, que possuem uma dinâmica de trabalho muito distante do ambiente familiar.
17/04/2019 (00:00)

Contate-nos

Diego Brito Advocacia & Consultoria

Rua Esso  334
-  Jardim América
 -  Campo Grande / MS
-  CEP: 79080-070
+55 (67) 3201-9742
Visitas no site:  119604
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.